segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

TURNE HISTORY


É a turne que levei mais tempo para conseguir, mas ai vai, deleite-se com orgulho de ter admirado o trabalho deste artísta ímpar!

Michael Jackson ao vivo em Munich Munich 
[History Tour] - COMPLETO 04/07/1997




ENSAIOS PARA A TURNE

video



MOMENTOS DIFERENTES QUE MJ DECIDIA TROCAR MÚSICAS PARA APRESENTAR EM MOMENTOS JÁ PRÉ DETERMINADOS

Michael Jackson - Blood on The Dance Floor - Live - Best Definition [HD] (ZDF)

video


Michael jackson [Rare] Dangerous Live Korea 1999 

video


Michael Jackson -Live In Tunisia HIStory Tour Come Together  - Remastered HD

video



Michael Jackson DS HIStory

video



History Tour Around The World (backstage footages) - Prague

video


ANIVERSÁRIO DE MJ NO PALCO EM COPENHAGEM


video


MICHAEL JACKSON - HISTORY TOUR . 20 BEST GOLD MOMENTS)))



TURNE BAD

MJ havia dito em seu documentário - Private Home Movies - que a Princesa Daiana lhe solicitou que cantasse  a música BAD pois era uma de suas preferidas e MJ disse-lhe que  havia retirado Dirty Daiana da apresentação em respeito à ela (Daiana Senvergonha). Mesmo assim ele cantou e fez essa turne vislumbrante, a primeira turne da carreira solo e que ele apresenta Billie Jean do seu geito, Triller e.. você não pode perder, assista:


Michael Jackson BAD 25 - Live at Wembley July 16,1988 HD [FULL]








Michael Jackson é Bad em foto com a banda que o acompanhou no concerto Bad World Tour (87/89)

| Da esquerda para direita, Rory Kaplan (teclados), Jennifer Batten (guitarra), Jon Clark (guitarra) MJ, Don Boylette (baixo), Greg Phillinganes (diretor musical/teclados), Chris Currell (teclados) e Ricky Lawson (bateria).


Trechos em Los Angeles

Michael Jackson - Bad Tour Los Angeles 1989 - Promo Tape - Remastered - High Definition (720p)






Michael Jackson - Bad Rehearsal Snippets1987 - [HD]



video

MJ och Stevie in the studio (BAD 25)






Michael Jackson - Bad Rehearsal Snippets1987 - [HD] 1






Michael Jackson Bad 25 Documentary








sábado, 28 de dezembro de 2013

FILME MONWALKER



Michael Jackson Moonwalker DVD HD




TRILHA SONORA EM FILMES

     ALGUMAS TRILHAS          SONORAS DE FILMES 

COM MICHAEL JACKSON








Os amantes das artes estão de luto pelas perdas de Farrah Fawcett e do super astro Michael Jackson. Nós do Blog de Cinema não poderíamos deixar de falar nele que tanto fez pela artMichael ainda era um menino quando foi convidado para cantar a canção Ben, uma das mais famosas de sua carreira na 45ª cerimônia de entrega do Oscar.

Michael ainda era um menino quando foi convidado para cantar a canção Ben, uma das mais famosas de sua carreira na 45ª cerimônia de entrega do Oscar.
O filme Shaktown de 1979, estrelado pelo (na época) estreante ator Patrick Swayze contou com a canção Shake Your Body(To The Ground) quando ele ainda fazia parte do grupo The Jacksons 5.
Em 1988 as músicas Leave me AloneSmooth CriminalThe Way You Make me Feel Bad fizeram parte do filmeMoonwalker, no qual participou como ator ao lado de crianças enfrentando alienígenas.
A Vingança dos Nerds em 1984 pegou emprestado um de seus maiores sucessos, a canção Thriller, presente em muitos outros filmes desde então, sendo referência de uma época.
Em 1995 no filme Free Willy, ele participou com sua canção Will You Be There, em 1997 ele voltou a contribuir em Free Willy II, quando a sua autobiográfica Childhood serviu como fundo musical.
No ano 2000 quem pode contar com o talento de Michael foi o filme As Panteras, com a música Billie Jean na sua trilha sonora.
Em 2001 em A Hora do Rush 2 Michael emprestou sua já então conhecida canção Don’t Stop ‘Till Get Enough e no mesmo ano em American Pie 2 – A Segunda Vez É Ainda Melhor, foi a vez da música Smooth Criminal.
Em 2007 o filme Uma Casa de Pernas Pro Ar pode contar com seu funk/groove Working Day And Night em sua trilha.
Sua carreira como ator não decolou, como protagonista atuou em alguns poucos títulos, entre os quais se destacam “The Wiz” (adaptação negra de O Mágico de Oz) (1978), “Captain EO” (1986) e “Moonwalker” (1988).

ASSISTA AGORA CADA UM DESTES VÍDEOS COM OU SEM LEGENDA, MAS NÃO DEIXE DE PROCURAR AS TRADUÇÕES:
BEN

SHAKE YOUR BODY


LEAVE ME ALONE



SMOTCH CRIMINAL




BAD - VERSÃO COMPLETA LEGENDADA EM 2 PARTES






TRILLER - VERSÃO LEGENDADA EM 3 PARTES





WILL YOU BE THERE - TAMBÉM NA VERSÃO MTV 10 ANOS

MTV 10 ANOS


CHILLDHOOD - PROCURE O ARQUIVO DE CHILLDHOOD NESTE BLOG



BILLIE JEAN - VERSÃO LEGENDADA


Michael Jackson - Don't Stop 'Til You Get Enough


Working Day And Night 
1992 TURNE DANGEROUS


Working Day And Night 
1987 TURNE BAD


THE WIZZ - MÁGICO DE OZ 


CAPITAN E.O. LEGENDADO - 3D FEITO PARA A DISNEY  
APÓS A MORTE DE MJ VOLTOU A SER REPRODUZIDO


MONWALKER O FILME

PROCURE ASSISTIR ON-LINE PELA INTERNET


PROCURE A FRASE: CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR, DIVIRTA-SE!
OBS: nunca instale nada quando assistir filmes em sites, aguarde o tempo de carregar e somente amplie a tela e play, ok! 







Música chilldhood - origem, motivo, razão!

Childhood


Michael novamente chocou o mundo ao afirmar que havia sido maltratado, explorado e humilhado por seu pai durante a infancia e a adolescencia. Segundo ele, Joseph Jackson costumava assustá-lo quando era criança usando máscaras demoníacas e o espancando quase todos os dias. Quando Michael atingiu a adolescência, Joseph costumava humilhá-lo em público dizendo que ele era "extremamente feio" (e que desse modo ele não devia ser seu filho), e que seu nariz era "assustador, gigantesco, desforme". Em entrevistaOprah Winfrey, em 1993, Michael afirmou que a situação havia chegado ao extremo dele desmaiar ou vomitar de nervoso só de ouvir a voz do pai.
Childhood (em português: Infância) é uma canção autobiográfica onde Michael relata exatamente isso, os tempos difíceis que passou quando ainda fazia parte do Jackson 5. Na letra da canção, ele aborda questões como o fato de ser uma criança mundialmente famosa e sua turbulenta relação com o pai Joseph Jackson. Segundo Michael, em uma determinada idade ele começou a se sentir abusado pelo pai, que o xingava constantemente e o classificava com termos pejorativos, tal como a imprensa faz nos dias de hoje. Assim como em "She's Out Of My Life", Jackson chora no final da canção.
A canção tem uma melodia baseada em músicas clássicas, estilo que Michael revelou admirar muito. A letra, elogiadíssima tem frases reflexivas:
"Vocês viram a minha infância por aí?/Estou procurando pelo mundo de onde eu venho/Porque eu tenho procurado nos "achados e perdidos" do meu coração/Ninguém me entende…/Eles vêem isso simplesmente como estranhas excentricidades/Porque eu continuo brincando por aí/Como uma criança, mas perdoem-me…/As pessoas dizem que sou estranho desse jeito/Porque eu amo coisas tão simples/Tem sido o meu destino compensar-me/Pela infância que eu nunca conheci"
E mais a frente: "Antes de me julgar, tente muito me amar"
Childhood foi escolhida para fazer parte da trilha sonora do filme Free Willy 2: A aventura continua, devido ao sucesso do hit Will You Be There, que fez parte da trilha sonora da primeira versão do filme. A música também foi usada como divulgação da inocência de Michael na acusação de 2003.
Cquote1.svg
Se você realmente quer saber algo sobre mim, há uma música que é a mais honesta que já escrevi. É a mais autobiográfica que já escrevi. É chamada Childhood. Deveriam escutá-la. É essa que realmente deveriam escutar.
Cquote2.svg
— Michael Jackson em entrevista em 2003
No encarte do álbum HIStory há um desenho de Jackson como uma criança feito pelo próprio. Ele está encolhido em um canto da sala e olha assustado, agarrado ao cabo elétrico de seu microfone. Em um canto da parede a letra de "Childhood", a outra parede mostra a assinatura de Jackson.




ASSISTA AGORA O VÍDEO  



LEGENDADO COM UMA QUALIDADE UM POUCO BAIXA


video

CHILDHOOD (INFÂNCIA)

Vocês viram minha infância por aí?
Estou procurando pelo mundo de onde vim
Pois já procurei
Nos "achafos e perdidos" do meu coração
Ninguém me compreende...
Todos acham que sou estranho e excêntrico
Só porque eu continuo brincando por aí
Igual a uma criança
Mas, me perdoem...

As pessoas dizem
Que eu não estou bem
Por eu amar coisas tão simples
Tem sido meu destino
Para compensar uma infância
Que eu nunca conheci

Vocês viram minha infância por aí?
Estou procurando por essa maravilha
Em minha juventude
Como piratas em sonhos de aventuras
De conquistas e reis em seus tronos

Antes de me julgar
Tente me amar
Olhe dentro do seu coração e pergunte:
Vocês viram minha infãncia por aí?

As pessoas dizem
Que sou estranho
Só porque amo as coisas mais simples
Têm sido meu destino compensar
Uma infância que eu nunca conheci

Vocês viram minha infãncia por aí?
Estou procurando por essa maravilha
Em minha juventude
Como histórias fantásticas
Para compartilhar
Os sonhos que eu arriscaria
Vejam-me voar!

Antes de me julgar
Tente me amar
A juventude dolorosa
Que eu tive

Vocês viram minha infãncia por aí?


sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

UMA FOTO DE CADA FÃ

Uma foto de cada FÃ

Na companhia de um amigo, Michael foi às compras no meio da madrugada, procurando os doces que ele tanto gostava. Saindo da Loja eles encontraram um casal de namorados que pediu para tirar uma foto com Michael, ao qual ele atendeu com a gentileza de sempre. Ao entrarem no carro ele comentou com o amigo:
- Na verdade, os fãs é que teriam que nos dar fotos suas!
O amigo não entendeu bem a colocação e Michael explicou a sua teoria:
- Fotos minhas, eles podem encontrar em qualquer lugar. Eles nunca vão esquecer o meu rosto. Mas eu não! Eu só poderia me lembrar de todos, se tivesse uma foto de cada um cada um.
Uma foto, de cada fã? Esse era um sonho de Michael!

UMA CRIANÇA ESPECIAL

Uma criança especial

Aos cinco anos de idade, na escola onde estudava na pequena cidade de Gary, Michael cantou em público pela primeira vez numa festa entre coleguinhas de classe. A música escolhida foi o tema do filme “A noviça rebelde” que estava fazendo sucesso entre as crianças na época.
Michael cantou com tanta perfeição e emoção, que seus colegas o aplaudiram de pé, seu professor chorou e sua mãe Katherine, que já conhecia o talento do filho, comovida confessou:
-“Como ele pode ser tão perfeito e tão pequeno? Acredito que existam crianças especiais, e Michael é uma dessas crianças!”






| Pequeno grande artista |

"Quando criança, Michael sempre esteve à frente de sua geração, ele foi inovador. Um gênio no que fazia. Tinha um forte conhecimento sobre si próprio.

Aos 9 anos de idade, quando comecei a trabalhar com ele, era como se ele já tivesse estado aqui antes. Ele era muito bem informado sobre a vida."

Berry Gordy 

TITO FALA DO IRMÃO

TITO fala de Michael com emoção


Michael Jackson, meu irmãozinhoMichael Jackson era uma estrela global - o rei do pop. Mas foi o seu próprio sucesso, diz seu irmão mais velho Tito, que permitiu que pessoas estranhas o empurrassem para lonje de sua família - e foi quando os seus problemas realmente começaram.

Por Nick McGrath para o
The Guardian, sábado 05 de novembro de 2011

Michael tinha esse ritual toda vez em que nós nos despedíamos ", lembra Tito Jackson, por baixo o seu chapéu-coco." Todos nós irmãos nos abraçavámos e dizíamos uns aos outros que nos amávamos, mas coisa favorita de Michael era dizer, 'eu te amo mais "e naquela noite não foi diferente."

A noite em questão, em um restaurante na cidade adotiva da família Jackson em Los Angeles, foi o 60 º aniversário de casamento de Joseph Jackson e sua esposa, Katherine. "A família inteira estava lá", diz Tito. "Nós apenas conversamos e tiramos fotos e falamos sobre idéias compartilhadas e conversamos sobre o que estávamos todos fazendo. Foi uma noite muito feliz. Michael estava cheio de vida e cheio de espírito, e ele estava apenas se preparando para começar a desfrutar a sua vida novamente.

"Ele estava indo comprar um outro lugar, porque ele estava cansado de Neverland. Ele queria começar a fazer filmes e só ter calma e estar com seus filhos."

No mês seguinte, em 25 de junho de 2009, Michael Jackson teve um ataque cardíaco na cama em sua mansão em Los Angeles. Após sua morte, uma autópsia determinou que o Lorazepam sedativo e o poderoso anestésico Propofol encontradas no seu sangue, foram os principais responsáveis ​​pela morte prematura de Jackson. Em 08 de fevereiro de 2010, seu médico Conrad Murray foi acusado de homicídio involuntário.

No momento desta matéria, o julgamento estava chegando a sua conclusão, mas seja qual for o resultado, o processo não produziu um fechamento emocional para os parentes de Jackson.

"Eu acho que nunca vai acontecer o fechamento para a nossa família", admite Tito, que está em Londres esta semana para a estréia mundial de um documentário sobre Jackson, A Vida de um ícone que foi produzido por David Gest, promotor de shows e amigo de longa data da família Jackson.

"Eu não sou médico, mas se ele sabia, ou Michael sabia melhor que ele - que não deveria ter feito aquilo. Ele é um médico. Ele está no comando. Ele tem um juramento e naquele tempo ele deveria ter feito o que precisava fazer para cuidar de meu irmão de forma reta, não contribuindo para a situação ficar ainda pior."


"O mundo perdeu um grande homem, mas para a nossa família não tem nada a ver com música. Perder o seu irmão, alguém que você conhece toda a sua vida e amou a vida toda e para saber o que aconteceu com ele ..." Tito se emociona.

Independentemente de sua culpabilidade legal, para Tito, Conrad Murray representa um tipo de pessoa que contaminou a vida de seu irmão quando a sua popularidade atingiu o pico em 1982 com o lançamento do álbum Thriller.

"Eu pensei que ele seria capaz de lidar com isso", diz Tito, falando de pessoas perniciosas e que desejavam estar ao lado da celebridade e que acompanharam o sucesso de Michael. "Ele foi colocado em uma posição que ninguém nunca foi colocado, e os problemas vieram quando um monte de pessoas se envolveram mais com ele e sua família se envolveu menos. Foi quando o problema começou. "

O filme que estreiou em Londres sugere que a queimadura de segundo grau que Michael sofreu em seu couro cabeludo, no set de um comercial da Pepsi em 27 de janeiro de 1984, quando um efeito de pirotecnia defeituoso, acidentalmente deixou seu cabelo em chamas, foram fundamentais em sua deterioração física e psicológica.

O incidente, e a rinoplastia resultante, desencadeou uma espiral de dependência em analgésicos e cirurgias plásticas.

Com 13 anos de idade, Jordan Chandler veio a público com acusações de abuso sexual - que acabaram por se resolver fora do tribunal - contra Jackson em 1993, mais as histórias de dormir em uma câmara de oxigênio, adotando companheiros chimpanzés selvagens e excessos financeiros já havia corroído sua reputação. Apesar de sua absolvição de mais acusações de abuso sexual infantil em 2005, nunca mais Michael recuperou a verve efervescente que o levou a tais alturas estratosféricas musicais, no final dos anos 70 e início dos 80.

"Todos tinham algo a ver com onde ele estava com sua carreira, sua vida, a coisa toda", concorda Tito. Por certo tempo, o mundo respirava Michael Jackson"

"Dividir e separar Michael, para conquistar", continua ele, "isso é o que aconteceu com Michael, puramente no interesse e na ganância financeira, as pessoas que cuidavam do negócio: - E estamos falando de advogados, gerentes, todos os tipos de pessoas - Todos querima separá-lo de seus irmãos"

"O problema de Michael, assim como minha mãe, é que ele confiava muito nas pessoas. Ele realmente acreditava nelas. Ele confiou demais e muitos se aproveitaram dele."

"Nós tentamos alcançá-lo, mas o povo em volta dele tornava tudo muito difícil. Quando ele começou a ter problemas em 2005, todos eles correram. E quando ele foi inocentado, todos eles voltaram."

A irritação e exasperação de Tito é possível de ser percebida: "Eu ainda estou bravo com isso estou furioso. Faz-me sentir um merda, como as pessoas queriam usá-lo ? a família tentou ajudá-lo mas, apesar de tudo Michael não sabia o que estava acontecendo ?.. quem eram essas pessoas, ele não viu tudo ? porque essas pessoas estavam muito próximas a ele. Eu podia ver que essas pessoas estavam lá pelas razões erradas, mas eu não podia mudar a vida de Michael por ele. Mas se eu tivesse sabido como tragicamente esta viagem iria acabar, eu não teria ficado parado.

"Eu daria tudo para ter o meu irmão aqui comigo agora. Eu faria qualquer coisa para ter o meu irmão comigo."

Um dos nove filhos de Jackson, Tito nasceu cinco anos antes de Michael em 15 de Outubro de 1953 e lembra-se de seu irmão como uma criança: "Ele sempre foi diferente. Ele foi o que sempre usou a chupar o dedo. Ele chupou tanto o dedo que eu.. pensei que ele ia ter dentes salientes, mas sua personalidade também era diferente. Ele era como um homem crescido no corpo de um homem pequeno. Meus irmãos e eu, íamos para uma cidade e estavam mais interessados ​​em ver o estádio onde o New York Giants jogava - mas Michael iria querer conhecer os políticos ou ver o histórico dos locais. Ele sempre foi um leitor de muitos livros e sempre interessado em culturas de outros países "..

Como o talento musical da família floresceu, com ensaios conduzidos militarmente pelo pai Joseph, assim como os irmãos tinham um "lado mais brincalhão. "Nós rimos para manter a nossa sanidade e Marlon e Michael, meus dois irmãos pequenos, quando tinham nove ou 10 anos, gostavam de ir para Nova York e encher balões com água, em seguida, soltá-los sobre as pessoas de cima das janelas dos hotéis. Erámos apenas meninos se divertindo. "

Normalidade para os irmãos Jackson, que estavam para se tornarem o maior grupo musical do mundo, conquistando como o Jackson 5 - Jackie, Tito, Jermaine, Marlon e Michael -todo esse sucesso implicou em quatro horas de ensaios após a escola, uma viagem de 90 minutos de volta de um show da noite, lição de casa atrasada, então, eventualmente, apenas um sono de duas horas - quatro horas no máximo.

O calendário foi implacável e, em 1993, falando a Oprah Winfrey, Michael admitiu que estava fisicamente e emocionalmente exausto e sentia-se abusado por seu pai durante os ensaios e que ele costumava vomitar ao ver seu pai, de nervoso.

A imagem pública de Joe como um tirano do bullying não é o que Tito aceita. "Para retirar o que ele retirou de nós, como ele conseguiu, de onde ele veio, de onde sua família nasceu, eu acho que meu pai é um dos maiores homens que já viveu."

Tito nega veementemente as acusações de queo regime autoritário de José contribuiu para a aquiescência emocional de Michael e eventual retirada da sua vida adulta convencional. "Tenho certeza de que todos em algum momento de sua vida, tem algumas palavras duras sobre seu pai como Michael fez, mas a diferença entre a família Jackson e outras famílias é que tudo fica escrito para sempre. A relação que temos com nosso pai não é diferente em tudo. "

Após a morte de Michael, sua mãe Katherine, agora com 81 anos, tornou-se a guardião legal de seu filho Prince, com 14 anos, e Paris com 13, a partir de seu segundo casamento com ex-enfermeira Debbie Rowe, e com nove anos de idade Blanket, concebido através de inseminação artificial por uma mãe ainda anônima.

"Minha mãe ainda é uma mulher muito forte", diz Tito, "então eles estão em boas mãos. Se você for assistir ao processo judicial você pode ver que ela mantem seu juízo e calma. Estamos lá com as crianças todos os dias, e eles têm um monte de primos da mesma idade para sair, e isso os ajuda a conhecer a sua família que está sempre em torno deles. "

Inevitavelmente, a morte de Michael deixou a família mais unida. "Nós sempre fomos unidos, mas estamos mais unidos do que nunca agora. Estamos mais perto do que as pessoas poderiam imaginar, mas o buraco que Michael deixou nunca será preenchido."

"Todo mundo tem em sua percepção de que meu irmão foi, e ele era, uma pessoa que amava a vida, adorava ver as pessoas felizes e sentindo-se amadas, fazendo a diferença através de sua música. Eu nem sei dizer o quanto de diferença que ele fez na vida de milhões de pessoas, mas eu penso que eu não poderia ter tido um irmão melhor que ele